A juventude não foi feita para o prazer, mas sim para o heroísmo!

Vamos lutar pela Vida desde a fecundação até a morte natural!

Não se esqueça! A força do Mal está na fraqueza do Bem! Então vamos defender o Direito à VIDA desde a fecundação(nascituro) até a morte natural! Meus caros eleitores paulista precisamos de 300 mil assinaturas, para que estas petições sejam levadas ao Poder Público do Estado de São Paulo para que se assegure o Direito à Vida. Acesse e assine a petição: www.saopaulopelavida.com.br agora mesmo! Hoje o Estado de São Paulo! Amanhã o Brasil! Por que não depois de amanhã o mundo!?

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança ministra palestra em Itu na Solenidade de Abertura da Semana de Estudo de Educação do CEUSNP


Com o tema “Brasil, uma nação predestinada a um futuro glorioso”, Dom Bertrand, Príncipe Imperial do Brasil, abriu a 30ª Semana Universitária da Filosofia do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – CEUSNP, no dia 20 de outubro em Itu, contando com a presença de aproximadamente 550 pessoas, provenientes de 33 cidades. O convite foi reproduzido pela “TV TEM”, e publicado nos Jornais, “Periscópio”, “Folha da Cidade”, “A Federação” e “O Cidadão”, órgãos de imprensa locais, sendo também enviado a autoridades religiosas, militares e civis. A CEUSNP promoveu esse prestigioso ato em colaboração com a Ação Jovem Pela Terra de Santa Cruz.


Antes da abertura da Solenidade, houve o descerramento da placa alusiva à comemoração, por Dom Bertrand.

Logo depois foi aberta sessão pelo Vice-Reitor professor Marcos Antônio Anganuzzi representante do Reitor.














Dom Bertrand foi recebido pelos participantes da palestra, aplaudido de pé. Encantou a todos pela elevação de trato, e prodigiosa memória histórica tratando com minúcias e profundo conhecimento da história que foi marcada pela Monarquia no Brasil.





Em sua palestra mostrou a importância de recordarmos como surgiu o Brasil, a formação do povo brasileiro fruto da miscigenação das raças branca, negra e índia. Discursou também sobre a grande importância da vinda da família Real Portuguesa para o Rio de Janeiro, em especial o papel de Dom João VI, na transformação de nossa Terra de Santa Cruz em uma grande nação: fundação da Escola Naval, do Banco do Brasil e outros feitos, depois tratou do potencial que o Brasil possui, tanto pelas riquezas de sua fauna, flora e minerais, bem como a produção decorrente da transformação industrial desses elementos. Em seguida apontou os mais relevantes obstáculos da atualidade que impedem seu crescimento.


Entretanto, o que S.A. mais chamou a atenção, foi para a alma empreendedora dos brasileiros, conclamando aos universitários e os presentes, de assumirem a responsabilidade de trabalhar seriamente para que o nosso pais atinja o seu mais alto apogeu.

























Terminada a palestra, o Príncipe foi ovacionado de pé pelos presentes.




Logo depois ocorreu o sorteio do livro “Revivendo o Brasil – Império” entregue pelo próprio príncipe aos sorteados.





Pela tarde o Príncipe havia feito uma visita aos Campi de Salto e Itu do CEUSNP. Após a palestra foi convidado a “Cave de São José Marceneiro”, no CEUNSP, para um jantar receptivo pela sua honrosa visita.











.