A juventude não foi feita para o prazer, mas sim para o heroísmo!

Vamos lutar pela Vida desde a fecundação até a morte natural!

Não se esqueça! A força do Mal está na fraqueza do Bem! Então vamos defender o Direito à VIDA desde a fecundação(nascituro) até a morte natural! Meus caros eleitores paulista precisamos de 300 mil assinaturas, para que estas petições sejam levadas ao Poder Público do Estado de São Paulo para que se assegure o Direito à Vida. Acesse e assine a petição: www.saopaulopelavida.com.br agora mesmo! Hoje o Estado de São Paulo! Amanhã o Brasil! Por que não depois de amanhã o mundo!?

quinta-feira, 7 de março de 2013

10º Acampamento da Ação Jovem em prol da Juventude!



Semana de Estudos em Campos (RJ)
 

  • Saulo Cavalcante de Sá 
Enquanto muitos se entregavam aos desregramentos característicos do carnaval, festa neopagã de nossos dias, 66 jovens participavam numa fazenda colonial em Campos (RJ) de mais uma Semana de Estudos promovida pelo Instituto Plinio Corrêa de Oliveira juntamente com a Ação Jovem pela Terra de Santa Cruz..

O tema geral do evento foi o embate entre a Revolução e a Contra-Revolução no século XXI, o qual foi desenvolvido mais especialmente nas seguintes palestras: Cristeros — Exemplo de radicalidade católica; Esplendores da Igreja X Desvios do progressismo católico; Como poucos podem mudar a situação do mundo; A importância do apostolado e O Concílio Vaticano II.

Algumas conferências foram ilustradas por peças teatrais, destacando-se uma sobre a mencionada luta dos cristeros contra o comunismo no México, quando muitos derramaram seu sangue em defesa da fé, bradando antes do fuzilamento o nome de Cristo Rei.


Os tempos livres foram preenchidos com lazeres adequados à idade dos participantes: paintball, caça ao tesouro, jogos medievais e o jogo do Imperador.











Houve também projeção de audiovisuais sobre o Beato Jose Sánchez del Rio, jovem mártir cristero que preferiu ser torturado e morto a negar o nome de Nosso Senhor.

Como a vida espiritual é a fonte de toda luta contra-revolucionária verdadeiramente eficaz, não puderam faltar as práticas de piedade: assistência à Santa Missa, terço, recitação do Ofício de Nossa Senhora e uma Via Sacra solene.

Como gran finale, um lauto banquete em estilo medieval foi servido, seguido da entrega das lembranças.







Foram cinco dias de muita seriedade e alegria — virtudes não excludentes —, criando um ambiente do qual já se tem saudades, e um desejo para que chegue logo o próximo encontro!

  VIVA CRISTO REI!!!

Depoimentos de alguns participantes

 

André Kloeppel, 19 anos, Curitiba (PR): “Esses dias foram muito interessantes. Serviram para aumentar a devoção a Nossa Senhora e ter bem presente o espírito do verdadeiro católico, isto é, o espírito combativo praticado de modo exemplar pelos Cristeros no México”.

 

Danilo Medeiros, 15 anos, Brasília (DF): “Gostei muito dos jogos medievais, que testaram a força e a bravura de cada um. A reunião sobre Ambientes, Costumes e Civilizações mostrando a decadência de costumes em nossos dias também foi muito boa”.

 

Marco Antônio, 16 anos, São Paulo (SP): “Gostei muito! Foi uma ocasião propícia para perceber, através das reuniões, o que é a Igreja Católica. Além disso, fiz amizade com pessoas de vários lugares do Brasil. O que mais me chamou a atenção foi a organização: sempre apresentando a coisa certa na hora certa”.

 

Yago Ferreira, 15 anos, Cardoso Moreira (RJ): Gostei muito das palestras, dos jogos, dos teatros. Foi tudo muito bem elaborado. A palestra que mais gostei foi a referente à aparição de Nossa Senhora de Guadalupe.

 

Nenhum comentário: